O QUE É NECESSÁRIO PARA CONSTRUIR E INSTALAR SUA PISCINA DE FIBRA

In Belo Horizonte, Geral, Manutençao, Marcas, Piscinas, Piscinas de Fibra, Preços, Produtos

Veja tudo que é preciso ter em mãos para construir e instalar uma piscina de fibra

Naqueles típicos dias quentes de verão, nada melhor que poder se refrescar numa água cristalina em uma piscina. Hoje em dia, com os vários tipos de piscinas que existem, com tamanhos e modelos diferenciados, ficou mais fácil ter essa comodidade em seu lar. E as piscinas de fibra de vidro deixam mais fácil ainda adquirir esse bem, além da facilidade na instalação, limpeza e manutenção, existem diferentes formatos e tamanhos, e o melhor de tudo, os preços são os mais acessíveis do mercado. Aqui vamos falar um pouco sobre a instalação das piscinas de fibra, para que você fica a par do que estará acontecendo quando for adquirir a sua, afinal, assim você poderá acompanhar o processo e garantir que o trabalho estará sendo bem feito.

Material para a Instalação da Piscina de Fibra

As piscinas de fibra de vidro começaram a ser fabricadas nos anos de 1950, com o mesmo material dos barcos, que tinham longa duração e também aguentavam as mudanças do ambiente, como a temperatura e a pressão. O seu custo é menor que as piscinas feitas com cerâmica, devido, tanto pela facilidade de implantação quanto pela sua produção, pois a escavação geralmente é feita pela próprio empresa que vendeu a piscina e está inclusa no preço final do produto.

Para a sua instalação é necessário alguns materiais, primeiro deve-se verificar se o solo é estável e preparar o mesmo, que já exige alguns equipamentos, vai precisar também dos equipamentos necessários para fazer a filtragem da água, os tubos hidráulicos e a iluminação.

Como se Instala a Piscina de Fibra?

Uma enorme vantagem da piscina de fibra é a instalação, como já foi dito antes, é necessário apenas 10 a 15 dias para estar tudo pronto, se a escolha do molde da piscina estiver compatível com o local desejado. Primeiro a equipe escava o lugar onde a piscina vai ficar com o modelo e tamanho escolhido, esse processo geralmente é feito com uma escavadeira ou manualmente mesmo, o que pode atrasar mais o processo de instalação.

Depois é colocada no buraco, se o solo for estável, e por cima da areia. Juntamente, serão instaladas as bombas hidráulicas que devem permanecer próximas à piscina e finalmente o molde de fibra escolhido. Nele será feito o circuito para a colocar a iluminação e as saídas de água para a filtragem. Ao final, você escolherá o material que preferir para as bordas e sua piscina estará pronta.

Como ficar atendo a instalação da sua Piscina de Fibra?

O profissional que for instalar a piscina de fibra de vidro deve conhecer muito bem sobre equipamentos elétricos e hidráulicos, para que o mesmo instale todos os componentes de forma correta sem colocar em risco sua obra, garantindo um serviço de excelência. Examinar se o solo é essencial antes de colocar o molde da sua piscina, caso o local não seja adequado poderá arruinar sua obra, te fazer gastar mais dinheiro e te dar uma dor de cabeça desnecessária. Então, pesquise bem sobre a empresa que escolher para realizar a instalação da sua piscina de fibra, veja relatos de antigos clientes, e tenha certeza que fez a escolha certa.

Como Funciona a Estrutura das Piscinas?

Todo tipo de piscina possui uma estrutura semelhante para manter o peso de toda a água, existem tanques que suportam até 50 mil litros de líquido e consequentemente, são feitos de materiais muito resistentes. As piscinas de fibra, são produzidas com a fibra de vidro utilizada na fabricação de barcos, sendo resistentes suportam variação de temperatura e de pressão, como falamos no começo. Já as piscinas de concreto armado, é feita mediante uma armação de ferragem ao redor do locar, recebe blocos de cimento que depois são impermeabilizados e finalmente, recebem o ladrilho vidrado ou pastilhas. As piscinas de alvenaria possuem uma estrutura mais simples comparada com a de concreto, ela é construída com uma laje de argamassa e ferro no fundo e as paredes são feitas de blocos, vigas e etc. A piscina de vinil é construída exatamente da mesma forma que a de alvenaria a diferença é que recebe uma camada de vermiculita e vinil que já impermeabilizam a piscina. Outra diferença é que ela necessita um tempo maior para conclusão, necessitando de uma camada a mais com cimento ou reboco.

E o Terreno? Qual Melhor Modelo para cada tipo de Solo?

O tipo de terreno também influencia na escolha da piscina, no caso de terrenos “difíceis” a piscina de concreto armado possui vantagem, independente do terreno ela pode ser instalada, e se for esvaziada ela não sofrerá deformações, porque a sua estrutura é bastante rígida e não depende do terreno para sustentá-la, portanto é ideal para terrenos arenosos, como praias, alagadiços ou em lajes.

A piscina de alvenaria precisa de um terreno mais firme, porque se esvaziada é possível que não suporte o peso e rache. Então, nada de colocá-la em terrenos alagados ou próximos a fluxos d’água. Se ela for construída neste tipo de terreno precisará de um reforço na sua estrutura, o que a deixará mais cara. As de vinil seguem o mesmo parâmetro que as de alvenaria na questão da escolha do terreno, as de fibra também precisam de um solo fixo, porém antes da sua instalação o terreno é possível que acrescente uma camada de cimento ou concreto, para nivelação e segurança do local.

Como Funciona a Impermeabilização?

Tirando a piscina de fibra e a de vinil, que já possuem um material impermeabilizante, todas os outros tipos de piscinas devem ser impermeabilizados. Esse processo é muito essencial, porque garante a duração do material e evita o surgimento de fissuras no revestimento, fungos, desgaste pela umidade e envelhecimento.

A impermeabilização é feita antes do produto estar pronto, como a colocação do ladrilho vidrado, das pastilhas, da manta de PVC entre muitos outros. Porém nada impede que, na reforma, o material seja impermeabilizado, o processo é feito com produtos químicos específicos, entre eles argamassa polimétrica ou manta asfáltica.

Acabamentos para Piscina

Piscinas de concreto armado ou alvenaria recebem acabamentos de ladrilho vidrado, pastilhas, mosaicos, pedras, nitidez pool ou mantas de PVC. Existem diferentes tipos, depende da vontade do freguês. Relativamente as de vinil, o próprio acabamento é o material (vermiculita), a desvantagem é a pouca resistência a materiais cortantes, ao aumento de temperatura e ao uso de alguns produtos químicos que podem diminuir a duração e descorar a cor da piscina, por ser mais barata alguns escolhem correr esse risco. O material das piscinas de fibra já tem o próprio acabamento, sendo necessário somente a repintura na hora da reforma.

Quando Reformar sua Piscina?

As piscinas de fibra precisam de reforma em cerca de 12 anos, apenas com a pintura da superfície. Exatamente da mesma forma, a piscina de vinil também desbota e é possível que enrugue, quando estiver nesse estado, ela precisa ser reformada com um novo material. Piscinas de concreto e alvenaria com o acabamento de placa cerâmica, pastilhas de vidro, cerâmica, pedra, entre outros, precisam ser trocados caso apresentem rachaduras ou estejam trincados.

Join Our Newsletter!

Love Daynight? We love to tell you about our new stuff. Subscribe to newsletter!

You may also read!

TOP 5 PISCINAS DE FIBRA: COMO ESCOLHER A SUA?

Top 5 piscinas de fibra: o que você precisa saber na hora de escolher a melhor piscina   Você

Read More...

QUAL A MELHOR MARCA DE PISCINA DE FIBRA?

CONHEÇA QUAL A MELHOR MARCA DE PISCINA DE FIBRA NO MERCADO, VANTAGENS E DESVANTAGENS Uma piscina de fibra é

Read More...

PISOS PARA PISCINA DE FIBRA – DICAS, TIPOS E MANUTENÇÃO

Saiba mais sobre os Pisos para Piscinas e como Escolher o Melhor Piso para Piscina Ter uma piscina em

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu